31/07/2016

0

RESENHA: Social Killers

Sinopse: Social Killers - Amigos Virtuais, Assassinos Reais é um livro assustadoramente verdadeiro. Seus autores, RJ Parker e JJ Slate, reúnem alguns dos casos mais angustiantes de criminosos que usaram as redes sociais para se aproximar de suas vítimas. Stalkers, predadores sexuais, assassinos, canibais, torturadores. A lista, infelizmente, não é pequena. E novas solicitações de amizade continuam chegando a cada dia. Parker e Slate deixam claro que esse não é um fenômeno novo. Muito antes da internet, criminosos usavam classificados de jornal para descobrir e atrair suas presas. Mas o anonimato da web permite que cada vez mais lobos usem roupas de cordeiro nas suas fotos de perfil. Mas existe luz no fim do túnel. Analisando mais de 30 casos famosos, os autores demonstram como as forças da lei estão usando, com sucesso, as novas ferramentas de comunicação para investigar e prender foras da lei e desmantelar quadrilhas. E ainda ensinam dicas de segurança. Social Killers - Amigos Virtuais, Assassinos Reais é um alerta para todos nós, que passamos tanto tempo conectados. 

Esse livro é assustador, porque são de casos reais de assassinos em série ou não que utilizaram as redes sociais para cometer seus crimes. A rede social apenas os auxiliou na execução dos assassinatos, inclusive no começo do livro os autores deixam bem claro que estes criminosos sempre existiram e antes das redes sociais utilizavam por exemplo anúncios de jornais. Histórias reais de quanto o ser humano é capaz de enganar o outro e cometer atos de crueldade. O mais legal é a interatividade que o livro propõe, com imagens em QR code para que você tenha acesso na internet das imagens ligadas aos casos e a matérias de jornais por exemplo.Achei bem repetitivo a questão de que os autores sempre queriam deixar claros os perigos das redes sociais, inclusive no final do livro eles dão dicas para não cair em golpes na internet. Acho que esses livros tem a finalidade de que não aconteçam mais casos como estes, talvez por isso a preocupação dos autores com a integridade física do leitor. De fim achei a linguagem bem jornalistica, cada caso dá a impressão que está lendo um jornal, a leitura flui bem mais rápido que a de um livro com uma história só. Me deixou bem alerta sobre amigos da internet que não conhecemos.

Nota: 3/5 estrelas

Dica de livro sobre Serial Killers: O Sorriso da Hiena


Espero que tenham gostado e logo logo tem mais resenhas!